REPRESENTAÇÃO INTERNACIONAL

Espanha

spain-flag-large.png
mancha branca bandeiras2.png
Paulo Succar_edited.jpg

Embaixador Institucional

Paulo Succar

 

Atuação

• Advogado e consultor jurídico

"Brasil se converteu, desde 1995, em um destino importante para os investimentos de empresas espanholas. Até então, o pouco que se conhecia do país nos círculos acadêmicos e empresariais hispanos era sua eterna vocação pelo futebol, pelo samba e outros estereótipos. Há quinze anos a economia brasileira iniciou um profundo processo de privatização de seus setores transcendentes como energético, bancário, siderúrgico y de telecomunicações. Com a chegada do presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), o Governo brasileiro promoveu um amplo processo de abertura econômica, iniciada, ainda que de maneira tímida, durante o anterior governo de Itamar Franco (1992-1994). Este processo de venda de empresas estatais atraiu o interesse de muitas empresas espanholas, as  quais não só se fizeram com o capital acionário de algumas das principais empresas recém privatizadas, se não também se associaram a outras em um processo de fusão sem precedentes na economia do país. Com o Governo de Fernando Henrique Cardoso se incrementaram as relações bilaterais entre Brasil e Espanha, reforçadas com as viagens de Estado dos mandatários de ambos países, contínuos até  o presente.

 

Atualmente Espanha ocupa o segundo lugar entre os maiores investidores no Brasil. De acordo com o último Censo de Investimento Direto do Banco Central do Brasil (BACEN) a Espanha, sob a ótica do controlador final, participa em 1.114 empresas, registra uma posição investida em 2016 de US$ 60,803 bilhões, crescimento de 62,26% e participação de 12,81% no total dos investimentos no Brasil.

 

A despeito da forte presença dos investimentos espanhóis no Brasil, ainda é relativamente pequena a presença de empresas brasileiras na Espanha. O país, no entanto, vem ganhando importância como mercado alvo dos investimentos brasileiros no exterior. Segundo dados do Banco Central do Brasil, em 2017, a Espanha foi responsável por 0,37% dos investimentos brasileiros diretos no exterior, com um total investido no país de US$ 41 milhões. A Espanha ocupou a 16ª colocação entre os principais destinos dos investimentos brasileiros no exterior no ano passado.

 

Espanha é uma das principais potências econômicas mundiais e o 7º receptor de Investimento estrangeiro direto a nível global. O atrativo da Espanha para o investimento estrangeiro não só radica em seu mercado interior, senão também na possibilidade de operar com terceiros mercados desde lá. E isso é assim porque a Espanha possui uma privilegiada posição geoestratégica: pertence à União Europeia e é a porta de acesso ao Norte de África e a América do Sul." - PAULO SUCCAR

"Brasil se ha convertido desde 1995 en un destino importante para las inversiones de empresas españolas. Hasta entoces, lo poco que se conocía del país en los círculos académicos y empresariales hispanos era su eterna vocación por el fútbol, la samba y otros estereotipos. Hace quince años, la economia brasileña empezó a pasar por un profundo proceso de privatización de sus sectores claves como el energético, el bancario, el siderúrgico y el de telecomunicaciones. Con la llegada del presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), el gobierno promovió un amplio proceso de apertura económica, comenzada ya, aunque de manera tímida, durante el anterior gobierno de Itamar Franco (1992-1994). Este proceso de venda de empresas estatales atrajo el interés de muchas empresas españolas, las cuales no sólo se hicieron con el capital accionario de algunas de las principales empresas recién privatizadas, sino que también se asociaron a otras en un proceso de fusión sin precedentes en la economía del país. Con el gobierno de Fernando Henrique Cardoso se incrementan las relaciones bilaterales entre Brasil y España, reforzadas con los viajes de Estado de los mandatarios de ambos países, continuos hasta el presente.

Por otro lado, España ocupa actualmente el segundo lugar entre los mayores inversores en Brasil. De acuerdo con el último Censo de Inversión Directa España, bajo la óptica del controlador final, cuenta con participación 1.114 empresas brasileñas, registra una posición invertida en 2016 de 60,803 millones de dólares, un crecimiento del 62,26% y una participación del 12,81% en el total.

 

A pesar de la fuerte presencia de las inversiones españolas en Brasil, sigue siendo relativamente pequeña la presencia de empresas brasileñas en España. El país, sin embargo, viene ganando importancia como mercado objetivo de las inversiones brasileñas en el exterior. Según datos del Banco Central de Brasil, en 2017, España fue responsable del 0,37% de las inversiones brasileñas directas en el exterior, con un total invertido en el país de US$ 41 millones. España ocupó la 16ª colocación entre los principales destinos de las inversiones brasileñas en el exterior el año pasado.

España es una de las principales potencias económicas mundiales y el 7º recetor de Inversión extranjera directa a nivel global. El atractivo de España para la inversión extranjera no sólo radica en su mercado interior, sino también en la posibilidad de operar con terceros mercados desde nuestro país. Y eso es así porque España posee una privilegiada posición geoestratégica: pertenece a la Unión Europea y es la puerta de acceso al Norte de África y América del Sur." - PAULO SUCCAR 

Dados do País

Dados Geográficos e populacionais:
 

Extensão Territorial:  505.957 km²

 

População total (2021): 46 567 497 milhões

Capital: Madri  (aprox. 3.334.800 milhões em 604 km²)

Duas Maiores cidades (fora capital)

  • Barcelona (1.664.200 milhões habitantes  em 101,9 km²)

  • Valência  (800.300  milhões de habitantes  em 134,6 km²)

Fronteiras: França e   Golfo da Biscaia (Norte e a Nordeste) Portugal e  Oceano Atlântico (Oeste e Noroeste) Mar Mediterrâneo (Sul e Leste)

 

Distribuição Populacional: 49.4% Homens e 50.6% Mulheres

espana.png

Dados Socio-econômicos:

 

Renda Per Capita: 42,214 USD (2021)

Composição do PIB:

  • 20,2%  serviços

  • 67,9% agricultura 

  • 2,7% indústria

Moeda:  Euro 

Variação da Moeda:

  • últimos 10 anos: -3,97% +26,70%

  • últimos 5 anos: -5,85% a +6,32%

Cotação atual:

 

espanha.png
Dados Políticos:
 

Governo: Monarquia Constitucional baseada em uma Democracia Parlamentar

Soberano:  Sua Majestade, o Rei  Dom Felipe VI (desde 19 de junho de 2014), hereditário

Presidente do Governo e Primeiro Ministro: Pedro Sanches 

 

Mandado Presidencial: 2018-

 

Partido: Partido Socialista Operário Espanhol

Próximas eleições: 2023

 

Classificação Doing Business*:

  • Classificação 30 de 191 

  • Nota 77.9

*(classificação de qualidade de ambiente de negócios desenvolvida pelo Banco Mundial)

Classificação Index of Economic Freedom*:

  • Rank 39 de 184 

  • Pontuação 69.9

*(classificação de liberdade econômica desenvolvida pela The Heritage Foundation)

Classificação Global Peace Index*:

  • Posição 36 de 163 

  • Pontuação 1.744

  • *(classificação de segurança social desenvolvida pela The Economist)

velocimetro.png
velocimetro.png
velocimetro.png
velocimetro ponteiro_edited_edited_edited.png
velocimetro ponteiro_edited_edited_edited.png
velocimetro ponteiro_edited_edited_edited.png
Avaliação de risco de crédito:
 
Entidade
Categoria
Avaliação
Classificação
Última Atualização
CreditWatch
Fitch
LTR
A-
Investimento Médio Elevado
11/06/2021
Indisponível
Fitch
LTR
A-
Investimento Médio Elevado
11/06/2021
Indisponível
Fitch
LTR
A-
Investimento Médio Elevado
11/06/2021
Indisponível
Moody's
LT Issuer Rating (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured MTN (Foreign)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured MTN (Domestic)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsec. Shelf (Foreign)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Other Short Term (Foreign)
(P)P-2
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
LT Issuer Rating (Domestic)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
LT Issuer Rating (Domestic)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
LT Issuer Rating (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured MTN (Foreign)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsec. Shelf (Foreign)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured MTN (Domestic)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsec. Shelf (Foreign)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
LT Issuer Rating (Domestic)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
LT Issuer Rating (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured (Foreign)
Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Other Short Term (Foreign)
(P)P-2
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured MTN (Domestic)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
Moody's
Senior Unsecured MTN (Foreign)
(P)Baa1
Investimento Médio Elevado
18/09/2020
Indisponível
S&P
Moeda Local de Curto Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Indisponível
S&P
Moeda Estrangeira de Curto Prazo
A-1
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Indisponível
S&P
Moeda Local de Longo Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Negativo
S&P
Moeda Estrangeira de Longo Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Negativo
S&P
Moeda Estrangeira de Longo Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Negativo
S&P
Moeda Estrangeira de Curto Prazo
A-1
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Indisponível
S&P
Moeda Local de Curto Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Indisponível
S&P
Moeda Local de Longo Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Negativo
S&P
Moeda Local de Curto Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Indisponível
S&P
Moeda Local de Longo Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Negativo
S&P
Moeda Estrangeira de Longo Prazo
A
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Negativo
S&P
Moeda Estrangeira de Curto Prazo
A-1
Investimento Médio Elevado
17/09/2021
Indisponível
Agenda de Eventos
Eventos realizados
Notícias
Informações e Documentos

EM BREVE:

 

- Clippings de notícias

- Informações sobre o mercado 

- Links para documentos